/  Tudo sobre o mar   /  Mitos e verdades   /  5 verdades sobre o consumo de peixe

5 verdades sobre o consumo de peixe

5 verdades sobre o consumo de peixe

O consumo regular de peixe traz diversos benefícios para a saúde e ajuda a prevenir várias doenças. Por isso, não se deixe convencer por crenças ou hábitos populares e saiba a verdade sobre o consumo deste alimento.

Partilhamos abaixo 5 verdades sobre o consumo de peixe.

Consumo de peixe: 5 verdades que precisa de saber

1. O PEIXE CONGELADO CONTRIBUI PARA O COMBATE AO DESPERDÍCIO ALIMENTAR

Os produtos congelados apresentam uma validade mais extensa do que os produtos frescos (em média 18 meses), permitindo uma gestão mais racional das refeições. Se o produto não for utilizado num momento pós-compra, pode ser posteriormente consumido sem que haja desperdício.

Uma vez que os produtos são embalados individualmente ou muitas vezes com pesos fixos, permitem uma melhor dosificação, sendo possível escolher a quantidade que pretendemos descongelar.

2. O CONSUMO DE PEIXE PODE DIMINUIR A INCIDÊNCIA DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES

A American Heart Association recomenda a ingestão de peixe gordo, como por exemplo, cavala, sardinha e salmão, 2 a 3 vezes por semana, pelo seu efeito protetor em relação às doenças cardiovasculares.

3. O PEIXE É RICO EM POTÁSSIO, FÓSFORO, IODO E SELÉNIO

O peixe, na sua generalidade, apresenta níveis elevados de potássio, que está relacionado com a contração muscular e função cardíaca, fósforo, imprescindível no metabolismo energético e ósseo, iodo, importante no funcionamento normal da tiróide e selénio que possui ação antioxidante no organismo.

4. OS BIVALVES SÃO UM BOM ALIADO NO EMAGRECIMENTO

Os bivalves possuem um valor calórico e lipídico baixo e destacam-se pela sua riqueza em proteínas. Desta forma, podem ser um bom aliado durante o processo de perda de peso.

5. O PEIXE PODE SER DO TIPO MAGRO OU GORDO

Os peixes podem ser classificados em diferentes grupos, em função do teor em gordura (por 100g):

magro (<2%)
baixo teor de gordura (2-4%)
teor médio de gordura (4-8%)
alto teor de gordura (>8%)

No grupo dos peixes magros podemos encontrar o carapau, pescada e bacalhau. Já os peixes gordos são, por exemplo, a cavala, a sardinha e o salmão.

Como podemos verificar, são vários os benefícios do peixe para a saúde. Agora, tem bons motivos para ingerir em maior quantidade este alimento.